O Príncipe dos Ladrões de Cornelia Funke

O Príncipe dos Ladrões
Cornelia Funke
Edição/reimpressão: 2003
Páginas: 344
Editor: Bertrand Editora
Resumo:
Imagine uma história de Dickens num cenário veneziano e terá uma ideia de como é o sucesso literário da alemã Cornelia Funke, cuja edição original foi publicada na Alemanha em 2000. Este conto cheio de suspense tem início no escritório de um detective em Veneza a quem é incumbida a tarefa de procurar dois rapazes, Prosper e Bo, de 12 e 5 anos respectivamente.

Rating: 3,5/5

Comentário: 
Era uma vez dois irmãos que viviam com a sua mãe, uma mãe sonhadora que que gostava de contar histórias sobre a magia de Veneza. Infelizmente, a mãe estava doente e acabou por morrer deixando os seus dois filhos com os tios. Os tios não tinham filhos e ficaram muito felizes por adoptar um dos irmãos. O mais novo tinha cabelos doirados e uma cara de anjo, o mais velho tinha cabelos negros e já pensava por si. Os tios não hesitaram, adoptaram o mais novo dos irmãos, Bo e mandaram Proper de volta para o orfanato. Esta é uma história de dois irmãos que não queriam estar separados e que acreditavam que Veneza tinha magia suficiente para os manter juntos e decidiram fugir para a encontrar!
Este é um livro infantil-juvenil que mantêm viva a tradição dos grandes contos de fadas! Há drama, há suspense, há aventura e ladrões mascarados a saltar pelos telhados! Tem todos os ingredientes para ser um clássico infantil dos preferidos. É a história de dois irmãos que não queriam ser separados pois só se tinham um ao outro em todo o mundo. E quem os pode culpar? Se eu não tivesse mais ninguém e alguém me tentasse separar da minha irmã faria o mesmo, fugira, voaria, eu mudar-me-ia para a lua!
Esta história vai tocar num dos laços mais sagrados que pode existir para as crianças e que é um laço que estas conhecem bem. Quem tem irmãos e cresceu entre beliscões e abraços sabe do que falo. Este livro fala às crianças porque fala-lhes de um amor que elas conseguem compreender, o amor que há entre irmãos.
Irmãos que reclamam e mandam vir e às vezes até nos beliscam mas que são fortes por nós e tomam conta de nós. Esta é uma história em que o irmão mais velho é bem tratado, vemo-lo a fazer sacrifícios pelo mais novo, vemo-lo a tomar as rédea, este irmão não ficou magoado com o irmão por os tios não o escolherem, pois sabe que a culpa não é dele.
A história lida bastante bem com o tema da família e principalmente com famílias de adopção. É sempre agradável ver uma imagem positiva das mesmas em livros infantis.
O livro é fácil de ler mas é também divertido de se ler em família e se a criança gostar há sempre o bónus de em seguida se poder ir alugar a versão cinematográfica para se ver em conjunto. Um livro que sem dúvida saí com o nosso selo de recomendação infantil/juvenil! 
Não se esqueçam de ver o trailer!


Trailer:

0 leitores reagiram:

Que pensam Encruzilhad@s?