Milagre de Amor de Eloisa James

Milagre de Amor
de Eloisa James

Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 372
Editor: Quinta Essência
Resumo:
 Uma nova versão de A Bela e o Monstro
Miss Linnet Berry Thrynne é Bela … Naturalmente, está noiva de um Monstro.
Piers Yelverton, conde de Marchant, vive num castelo no País de Gales, onde, corre o boato, o seu mau humor arrasa todas as pessoas com quem se cruza. E também consta que uma lesão deixou o conde imune aos encantos de qualquer mulher.
Só que Linnet não é qualquer mulher.
Ela é mais do que simplesmente formosa: o seu espírito e encanto forçaram um príncipe a ajoelhar-se. E calcula que um conde se apaixonará loucamente por ela… em apenas duas semanas.
No entanto, Linnet não tem ideia do perigo a que o seu coração é exposto por um homem que poderá nunca devolver-lhe o seu amor.
Se ela decidir ser realmente muito perversa … que preço pagará por domar o coração selvagem desse homem?
Rating: 3/5

Comentário:
Mais uma novidade da chancela Quinta Essência, desta feita quase a chegar às livrarias! Devo confessar que nunca tinha lido nada escrito pelas mãos de Eloisa James e fiquei bastante satisfeita por a escrita desta ser bastante agradável. Isto é, uma escrita fluída e acompanhada de momentos de boa disposição.
Tratando-se de um recontar da história da "Bela e o Monstro", não podemos dizer que a autora tenha sido cem por cento original mas creio que conseguiu fazer um bom trabalho. Como costuma dizer uma grande amiga minha, um bom contador de história torna qualquer história conhecida numa história que dá prazer tornar a ouvir. E com o sucesso de vendas que Eloisa James tem sido, esta frase não podia, sem dúvida, estar mais correcta.
A história tem um inicio rápido e mexido, entramos logo para dentro do escândalo! Será que aconteceu algo mais entre Linnet e o Príncipe, sem ser o beijo apaixonante que foram apanhados a trocar? Que vestido enorme era aquele que Linnet levava senão o ideal para esconder a sua barriga de grávida? Linnet está desesperada, desonrada e não sabe o que fazer. Mesmo assim apresenta-se como uma personagem séria e segura de si, criado imediatamente uma empatia com as leitoras.
Já Piers, o "monstro", está maldisposto, solitário e bastante feliz por assim o estar. Com uma dor crónica na perna e quatro imbecis como estagiários no seu "hospital", a última coisa que Piers precisa é de uma rapariga, especialmente uma tão bela como Linnet, a passear pela sua casa. Além do mais ele jurou jamais casar, logo as tentativas de Linnet nunca passarão de tentativas. Piers revela-se portanto um herói, que tal como na história original, mais parece um antagonista.  No entanto, devido à personalidade de Piers e à sua bengala, tive alguma dificuldade em vê-lo como outra personagem que não fosse o Dr. House, neste caso o actor Hugh Laurie, personagem na qual a autora admite ter-se baseado para a personagem de Piers.
Gostei da maneira como a relação entre as duas personagens evoluiu com as poucas palavras trocadas entre o casal mas que se revelavam cheias de tenção e ironia. A determinada altura a história acelerou mas isso é normal devido ao espaço de tempo em que ocorre.
O meu queixume em relação ao livro é o facto da tia de Linnet ser tão rapidamente descartada. Os dois parentes da nossa personagem principal, pai e tia, faziam uma boa dupla que tanto era exasperante como divertida. Pensei por momentos que talvez a tia de Linnet a acompanhasse e posso imaginar a cena que o encontro desta com Piers daria, infelizmente para mim a autora não decidiu seguir esse caminho, o que, verdade seja dita, também vai de encontro à personalidade da personagem e portanto é perfeitamente desculpável.  
Na minha opinião Milagre de Amor é um livro com o qual se podem passar algumas tardes agradáveis, se forem leitores mais lentos ou que gostem de estender a leitura ou, se forem como eu, leitores rápidos, é óptimo para levar para as filas de espera. Eu levei o meu comigo quando tive de esperar por 40m que me chamassem para tratar de uns papeis e dei-lhe um bom avanço de quase 100 páginas. Ajudou o tempo a passar rápido e ainda devo ter soltado uns sorrisos tolos pelo meio. Uma leitura bastante agradável para ler à sombra este verão.
  •  Podem ler as primeiras páginas aqui;
  • Este livro faz parte de um conjunto de novas versões de contos de fadas, tendo já sido publicada pela Quinta Essência, o recontar da Cinderella, chamado "O Beijo Encantado".
 

Ki
(Catarina)
Sobre a autora:

Bibliófila assumida e escritora de domingo. Gosta de livros e tudo o que esteja relacionado com eles, tem a mania que tem opiniões sobre coisas e gostas de as expor no seu blog conjunto Encruzilhadas Literárias, tem também uma conta no GoodReads e é das melhores coisas que já lhe aconteceu.

5 leitores reagiram:

  1. Quando li a parte de um médico com uma dor na perna e quatro estagiários o que me veio à cabeça foi logo: DR. HOUSE.

    ResponderEliminar
  2. Mas é que é mesmo Addle! Foi o pensamento que me seguiu o livro todo também :/ mas bom, como a autora diz que a ideia foi um pouco essa também, acho que ela conseguiu acertar na muche ;)

    ResponderEliminar
  3. Eu vou ter este livro em breve lalala

    Mas só leio depois de ler os outros da autora!

    ResponderEliminar