Descobri Que Te Amo, de Ann E. Cannon

Descobri Que Te Amo 
de Ann E. Cannon
Edição/reimpressão: 2011 
Páginas: 224 
Editor: Marcador
Resumo:
Toda a gente tem segredos…

Ed é Sergio, ou é o contrário? Scout adora romances sentimentais… e Ed. Quark parece nunca se aperceber das pessoas à sua volta,até finalmente se apaixonar por… Scout. E o que esconde Elle, a rapariga dos sonhos de Ed?
Uma história doce sobre a vida e o amor.
Quatro vidas que se cruzam, quatro histórias de amor que nos levam a uma pergunta fundamental: será que o verdadeiro amor se esconde no seio de uma grande amizade?

Rating: 2,5/5

Comentário:
Escrito num estilo descontraído e romântico, Descobri que te amo é o livro ideal para quem quer ler um romance light com alguma comédia à mistura. É um livro que se lê bem e eu dei conta da cópia que trouxe da biblioteca num único dia.
Gostaria de dizer que a história é leve e divertida e apesar de se basear numa peça de Shakespeare é bastante fácil de seguir. O resumo que li no livro dava a entender várias voltas e reviravoltas o que me assustou um pouco pois pensava que seria difícil de seguir, no entanto a autora tornou a história fácil de seguir.
Gostei da parte gráfica do livro, principalmente do pormenor das folhas que separam os dias que mostram a lua a encher lentamente. Creio que foi algo muito bem conseguido e ajudou a ter uma perfeita noção da passagem do tempo.
Infelizmente a história acaba por ser também um pouco simples demais e desprovida de vida. A leitura foi rápida, como vos disse li este livro num único dia e foi daqueles que não encheu. Leu-se foi giro mas nada demais, mesmo assim as suas personagens são divertidas e únicas.
Gostei bastante de Scout a sua personalidade light e amor proibido à literatura rosa apaixonaram-me por completo. É pena que não tenha tido mais partes nesta história pois tenho a certeza que teria contribuído em muito para a acção e desenvolvimento desta história que podia ter sido um pouco mais complexa e comprida.
A minha segunda e última crítica vai para a tradução da obra que não me pareceu das melhores, estando várias expressões traduzidas à letra e estando todo o assunto de Ed "falar português" um pouco confuso no meio do texto que no original está em inglês.
Um livro que avalio em apenas 2,5 estrelas, apesar de ser um livro giro para uma tarde de domingo sem nada para fazer.

0 leitores reagiram:

Que pensam Encruzilhad@s?