Opinião: Marcelo no Mundo Real, de Francisco X. Stork

http://www.presenca.pt/livro/infantis-juvenis/juvenis/marcelo-no-mundo-real/
Marcelo no Mundo Real
de Francisco X. Stork
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 276
Editor: Editorial Presença
Resumo:
Marcelo Sandoval ouve música que mais ninguém consegue ouvir, fruto de uma perturbação semelhante à síndrome de Asperger. No entanto, o pai de Marcelo não se resigna com o facto de o filho não ser como os outros adolescentes e desafia-o a trabalhar durante o verão no seu escritório de advogados, para se juntar ao «mundo real».
Um livro que se assemelha a O Estranho Caso do Cão Morto, de Mark Haddon, na pureza e intensidade da voz narrativa e que celebra a música que existe dentro de cada um de nós. (Podem ler um excerto do mesmo aqui no site da editora e ver o livro no site da editora aqui.)

Rating: 4/5

Comentário:
Escrito de uma forma bastante poética e simples, Marcelo no Mundo Real nada mais é que a história de um adolescente que, dentro das suas capacidades, se vê forçado a trabalhar e a interagir com o mundo real após ter estado vários anos numa escola especial.
A força que o impele nesta direcção é o pai que está farto da escola especial de Marcelo e de todos os "paninhos quentes" que ele vê as pessoas porem em torno do filho. Decidido a acabar com os caprichos de Marcelo e a apresentá-lo ao mundo real, Arturo arranja um estágio de verão para o filho no seu escritório de advogados fazendo um acordo com Marcelo. Se ele conseguir fazer um trabalho de escritório normal e cumprir os objectivos que lhe são propostos poderá voltar para a escola especial onde anda, a Paterson, senão terá de ir para a Secundária de Red Oak e enfrentar de vez o mundo real.
Sabendo que não tem por onde fugir, pois o pai terá sempre a última palavra Marcelo embarca na aventura que é o mundo real e encontra-se com personagens que vacilam entre a maior sinceridade e o maior fingimento.
Tal como disse no início esta obra para mim tem uma língua muito poética. Apesar de não ter uma trama intrínseca a verdade é que para Marcelo até as coisas mais simples, como dar a entoação certa a uma frase para ela soar a pergunta são complicadas o que torna todo o seu percurso, por muito simples que seja, uma batalha hercúleana.
Gostei bastante deste livro por Marcelo ser um herói diferente do habitual e porque raramente apanho história em que os protagonistas tenham alguma deficiência. É sempre interessante ver o mundo de maneira diferente e tentar perceber como é estas pessoas navegam nele.
Este foi um livro também que me irritou e que quase ia voando pelo ar não pela má qualidade da escrita, mas pelas atitudes de certas personagens que a determinada altura de tentam aproveitar da inocência de Marcelo. É estranho para mim como leitora perceber perfeitamente o que a personagem x quer e ver que o principal não o percebe sem haver uma trama extremamente complexa atrás, ou estarmos a falar de crianças. Marcelo tem 18 anos, já um adolescente grandinho mas mesmo assim ainda é por vezes como uma criança e as pessoas tentarão aproveitar-se disso.
É maravilhoso, no entanto, a maneira como Marcelo vai crescendo ao longo do livro. Acompanhamos todo o processo e quando chegamos ao fim já nem nos lembramos de como Marcelo era antes. Um livro deslumbrante e que recomendo.

  • Este livro faz parte do Plano Nacional de Leitura para as Novas Oportunidades.


Ki
(Catarina)
Sobre a autora:

Bibliófila assumida e escritora de domingo. Gosta de livros e tudo o que esteja relacionado com eles, tem a mania que tem opiniões sobre livros e gosta de as expor no seu blog conjunto Encruzilhadas Literárias, tem também uma conta no GoodReads e é das melhores coisas que já lhe aconteceu.

0 leitores reagiram:

Que pensam Encruzilhad@s?