Opinião: Mamã Maravilha de Orianne Lallemand

Mamã Maravilha
de Orianne Lallemand 
Edição/reimpressão: 2011 
Páginas: 32 
Editor: Editorial Presença
Resumo:
 Na mesma colecção dos livros infantis Beijinhos, Beijinhos e Gosto de Ti, que têm registado um bom acolhimento junto das crianças e dos pais, Mamã Maravilha vem apresentar aos leitores de palmo e meio como podem ser descritas as mães, de acordo com o seu estado de espírito. Uma pequena criança, que assume o papel de narrador nesta breve história define os vários tipos de mães: mamã ternura, mamã flor, mamã maravilha, mamã aborrecimento, mamã surpresa, mamã guloseima, entre outras. Mais um livro encantador cartonado e almofadado que desta vez fará as maravilhas não só das crianças como certamente das suas mães. (Podem ler/ver um excerto deste livro aqui no site da editora, para verem o livro no site cliquem no nome do mesmo)

Rating: 4/5

Comentário: 
Devo confessar que gosto bastante não só desta autora francesa, como da ilustradora Elen Lescoat e por isso qualquer livro que nasça de uma parceria entre ambas é sem dúvida um livro que me vai agradar. Gosto bastante de livros infantis e acredito plenamente que uma criança que lê é um adulto que pensa. Acredito também que os livros infantis devem mostrar algo às crianças, não falo necessariamente numa lição de moral, mas que lhes passe, por exemplo, o sentimento de que não estão sós.
Mamã Maravilha é um livro que expressa perfeitamente esta minha ideia. Adornado com ilustrações maravilhosas, esta pequena criança sem nome, fala-nos das diversas mamãs que vivem dentro da sua mãe. Umas são simpáticas como a mamã guloseima, que é a mãe que faz bolos com ele e lhe compra gelados, outras são menos simpáticas como a mamã tempestade, que aparece sempre que a mãe se chateia com ele, outras estão no intermédio como a mamã OVNI que passa o dia noutro planeta, parando por longos períodos onde apenas parece contemplar o nada.
Todas estas mamãs são facetas da mesma mulher e da mesma mãe. Ajudar as crianças a perceber isso, e que isso é normal, é uma faceta interessante deste livro. Assim sendo, este livro entra para a minha lista de livros infantis a adquirir, e que devia existir em qualquer biblioteca infantil, porque transmite uma mensagem importante para as crianças.
 Para os mais desconfiados, passem numa livraria e folhem o livro. Comprem-no e percam-se nas imagens coloridas e amáveis e leiam a história um pouco. Pense como uma criança e tentem identificar os momentos em que foram cada uma daquelas "mamãs" e riam-se ao ver as alcunhas que uma criança arranja para os nossos diferentes estados de espírito.
Quando o fizerem voltem ao nosso site neste mesmo comentário e digam-nos o que acham. Este é o desafio que vos deixamos no fim deste livro.

1 leitores reagiram: