Esta não é a capa que eu queria!

Sendo um pouco chata Encruzilhados, gostava de pegar novamente no tema das capas de livros que já abordamos num post aqui há uns tempos. Desta feita, no entanto, não vamos falar de virar a capa vamos falar das capas que não respeitam o interior do livro e me fazem atirar livros contra as paredes.
Para quem não sabe, eu sou uma mulher grande, não necessariamente obesa (apesar de segundo a balança já lá estar) mas pesadita e não tenho problema nenhum em ser como sou. Mas, e talvez por causa disso, goste de ler livros que tenham heroínas mais pesadas que a média.
Para quem não sabe, existe toda uma gama de livros com heroínas pesadas, infelizmente 60% deles são sobre a heroína querer perder peso e a acabar magra e fabulosa (e maior parte das vezes com o personal trainer). Isto acaba por ser um pesadelo porque, tal como eu, existem pessoas que gostam de ser do tamanho que são e que querem ler histórias com raparigas e mulheres que também gostem de ser do tamanho que são.
O que nos leva à segunda parte do meu problema e que é na realidade o tema central deste artigo. Sabem quantas capas de livros sobre mulheres cheias existem com mulheres cheias na capa? Infelizmente não muitas.
Oh as Editoras são muito espertas e só mostram as cabeças ou as silhuetas/sombras destas mulheres mas vamos ser sinceros, Encruzilhados, consegue-se ver perfeitamente à distância que maior parte das mulheres nessas capas de livros não são cheias, são, na maioria dos casos, normais.
Exacto, normais, e para ilustrar o meu caso quero mostrar algumas capas de livros em que isto acontece.

Annabel é gozada por não ser magra (palavras do resumo) por isso decide contratar um personal trainner para perder peso durante o verão.
A Eleanor é uma rapariga grande com cabelos ruivos encaracolados que, dada a oportunidade, come o contéudo completo do seu frigorifico. E (dizem as personagens do livros) com um peito bastante avantajado por causa do seu peso. O que me deixa a pensar quem raio será a rapariga que está nesta capa...

Por motivos óbvios não vou dizer nada porque o título diz tudo.

Para verem mais destas capas podem seguir para o GoodReads e ver esta e esta lista. E antes que me irrite e perca a compustura, gostaria de vos perguntar Encruzilhados, conhecem mais algumas destas capas? Também se irritam com elas?


Ki
(Catarina)
Sobre a autora:

Bibliófila assumida e escritora de domingo. Gosta de livros e tudo o que esteja relacionado com eles, tem a mania que tem opiniões sobre coisas e gosta de as expor no seu blog conjunto Encruzilhadas Literárias, tem também uma conta no GoodReads e é das melhores coisas que já lhe aconteceu.

6 leitores reagiram:

  1. Nunca tinha pensado nisto.

    Tens os livros da meg cabot, ela tem uma série em que a protagonista é gordinha, até há um pt.as capas são imagens de vestidos.. E tens o de Duff que mostra a cara rechonchuda de uma rapariga x) já não é mau começo.

    É não vejo qual é o problema, há modelos plus size por alguma razao, seria muito mais fácil associar depois a protagonista à imagem da capa.

    ResponderEliminar
  2. Irrita-me que as capas não correspondam ao conteúdo. São enganosas. Eu sou particularmente sensível ao tema: compro muitas vezes os livros pelas capas! isto quando não conheço os autores. Quando conheço , já não me deixo enganar.

    ResponderEliminar
  3. Olá Mafi!
    Pois eu também não vejo qual é o problema! Não é como se não existissem mulheres plus size bonitas e só tivessem que se por mulheres magras na capa.
    Nos livros da Meg, se não me engano são os "Size x isn't fat" os vestidos não me fazem confusão mas a verdade é que ela fala dos números 12 e 14 que são o 38 e o 40, conheço pessoas que vestem o 38 e não são gordas xD

    Helena,
    Também não gosto! Nada me irritou mais do que a edição do Ciclo de Terra Mar com actores brancos (uma até me parecia asiática) na capa, foi completamente ridículo visto que toda a gente no livro é negra!

    ResponderEliminar
  4. Não conhecia estas capas mas não fazem de todo sentido...
    Felizmente até agora nenhum livro me enganou pela capa mas curiosamente o livro que eu publiquei ia sendo "deturpado" exactamente pela capa. A minha protagonista é ruiva e quando me enviaram pela primeira vez a capa vinha lá uma rapariga loira. Pedi logo que mudassem (algo que fizeram) porque se eu não gosto de ser enganada por uma capa também não quero enganar!!
    A capa é o que chama à atenção dos leitores, por isso deve, na minha opinião, fazer jus ao conteúdo do livro, complementando-o!

    ResponderEliminar
  5. Concordo Cau.
    Afinal a capa é o cartão de visita do livro, se o livro fala sobre água, não faz sentido algum aparecer azeite na capa! :)

    ResponderEliminar