Tentando o voluntariado...

Se já nos seguem à algum tempo, já devem ter reparado por vários comentários e artigos que o Encruzilhadas Literárias é agora internacional. 
Há três meses atrás munida de armas e bagagens mudei-me para o Reino Unido e por aqui tenho andando. De loja de livros em segunda mão em loja de caridade, do estágio para o centro de emprego, da chuva para o sol, a minha vida tem seguido a um ritmo louco e tenho-me sentido um pouco afastada das pessoas por isso decidi ir à minha biblioteca local tentar o voluntariado.
Sim, à biblioteca, afinal livros são das coisas que mais amo porque não haveria de aproveitar a oportunidade de trabalhar com eles?
Depois de uma rápida pesquisa descobri que existiam várias oportunidades de voluntariado na minha zona, as duas que me chamaram mais a atenção envolviam a leitura em voz alta.
Uma das opções era fazer parte de um grupo que recebe crianças na biblioteca lê para elas e faz com elas trabalhos manuais baseados nas histórias. Como adoro crianças e trabalhos manuais pareceu-me que uma junção de ambas mais a adição de livros seria interessante! (Além do mais a descrição do voluntariado falava também em fantoches!)
A outra opção envolvia visitar pessoas doentes, ou de mobilidade reduzida, e levar-lhes livros e/ou ler para elas. A descrição deste voluntariado dizia também que devíamos falar com os leitores, perceber os seus gostos, aconselhar-lhes livros e fazer-lhes um pouco de companhia. Verdade seja dita, e isto a minha mãe sempre me disse, tenho tendência a dar-me bem com pessoas de idade. Eu creio que isto acontece porque as acho fascinantes, elas viveram num mundo que apesar de ser o meu pareceu, por vezes, um planeta diferente e adoro sentar-me a ouvir as suas histórias. Por isso, esta possibilidade também me pareceu bastante interessante.
Como imaginam acabei por me inscrever nas duas opções porque acho que me daria bem em qualquer uma mas subitamente pus-me a pensar e se de repente me apanho a ler Noras Roberts a uma velhinha no hospital? O que vou fazer quando chegar às cenas de sexo escaldante?
Ideias, Encruzilhados?



Ki
(Catarina)
Sobre a autora:

Bibliófila assumida e escritora de domingo. Gosta de livros e tudo o que esteja relacionado com eles, tem a mania que tem opiniões sobre coisas e gosta de as expor no seu blog conjunto Encruzilhadas Literárias, tem também uma conta no GoodReads e é das melhores coisas que já lhe aconteceu.

2 leitores reagiram: