Opinião: Maldito Karma, de David Safier

Maldito Karma
de David Safier
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 280
Editor: Editorial Planeta
Resumo:
A apresentadora de televisão Kim Lange encontra-se no melhor momento da sua carreira, quando sofre um acidente e morre, esmagada pelo urinol de uma estação espacial russa. No Além, Kim dá-se conta de que, ao longo da sua vida, se limitou a acumular mau Karma: enganou o marido, descurou a sua filha e amargurou a vida de todos os que a rodeavam. Descobre então o seu castigo: está num formigueiro, tem duas antenas e seis patas… é uma formiga! 
Kim não tem a mais pequena vontade de continuar a arrastar migalhas de bolos depois de ter passado a vida a evitar os hidratos de carbono. Além disso, não pode permitir que o marido vá afogar as mágoas da sua perda com outra. Só lhe resta, por isso, uma saída: acumular bom Karma, para ascender na escala da reencarnação e voltar a ser humana. Mas o caminho para deixar de ser insecto e se converter num bípede é duro e está pejado de contratempos.

Rating: 4/5

Comentário:
Maldito Karma era um livro que já tinha na minha lista do "para ler" à algum tempo. Por várias vezes eu e a Cláudia andamos atrás dele e por várias vezes ele nos fugiu até que finalmente consegui que ele viesse parar às minhas mãos através de uma troca (na qual a Cláudia me ajudou!).
Apesar de ter vários livros da biblioteca para ler, andava a sentir-me um pouco tristonha por isso decidi usar este livro como receita para me animar, visto que todas as críticas o pintavam como um livro divertido. E efectivamente, as críticas não se enganaram! Composto por uma mensagem bonita e momentos de bom humor Maldito Karma é um livro leve e divertido com um grande coração.
O resumo faz um apanhado muito bom da história e eu tenho de congratular o autor por se lembrar de matar Kim com o urinol de uma estação espacial russa. Quem se lembraria de tal coisa? Rio-me sempre que penso nisso e apesar de ser divertido, não é de todo impossível o que acaba por ser um pouco aterrorizador também.
Todo o processo de transformação de Kim é igualmente divertido e aterrorizador. Há uma frase de um filósofo conhecido que diz que "Quem te um motivo para viver, sobrevive a tudo." e esta é um pouco a situação de Kim. Apesar de já não estar viva, Kim tem um motivo para tentar subir depressa na escala do karma, a não ser que, claro, queria ser uma formiga para o resto da eternidade.
Este motivo "o voltar a ser humana" é o catalizador que a vai fazer crescer e aprender não só com os seus erros, mas também com a convivência que tem com outros animais e outras pessoas que reencarnaram com animais. E enquanto tudo isto se passa, a família de Kim, tenta refazer a vida sem ela, o que deixa Kim bastante furiosa, visto que se considera uma pessoa inesquecível e insubstituível.
Todas as conversas entre Buda e Kim são também muito enbgraçadas e não deixam de ter o seu quê de profundidade e acabam por deixar uma pessoa a pensar se não será mesmo isso que a vida além túmulo nos reserva. Afinal os budistas parecem acreditar que sim e, tal como tantas outras crenças, ainda ninguém voltou dos mortos para nos contar como é exactamente o outro lado, logo tanto quanto sabemos ou estamos todos errados ou alguém poderá estar certo.
Gostaria de destacar que achei que Kim era uma personagem bastante palpável e que parece "real", ou seja, mesmo no início do livro, quando ainda é "diva", Kim tem as suas inseguranças e as suas dúvidas sobre se está a agir bem ou não. Apesar de quebrar um pouco com o cliché da diva, estas dúvidas tornam Kim humana e ajudam-nos a perceber melhor o tipo de personagem (e mulher) que ela é.
Na realidade todas as personagens do livro conta com um role de defeitos e qualidades que as tornam muito humanas e reais. Isto contribui para uma leitura mais fluída do livro e para que acabemos por nos indentificar com algumas das personagens.
A minha única queixa vai para o fim do livro, gostava que se tivesse desenlaçado de outro modo mas isto sou eu, que sou bastante picuinhas com livros e histórias sobre a vida além túmulo e o desapego.
Contas feitas este é um livro que recomendo, pela história, pelas piadas e pela mensagem.

Book Trailer:

2 leitores reagiram:

  1. parece-me interessante :)


    Visite a minha loja
    http://www.facebook.com/pages/Fashion-Other-Things/434161739958230?sk=photos_stream

    ResponderEliminar
  2. Adorei o livro! Ri, chorei, me apaixonei por um personagem tão humano.

    ResponderEliminar