Opinião: O Clube dos Ténis Vermelhos, de Ana Punset




O Clube dos Ténis Vermelhos
de Ana Punset
 
Edição/reimpressão: 2015 Páginas: 360 / Editor: Nuvem de Tinta
  
Resumo: 
Um livro sobre a amizade entre raparigas. Lúcia, Rita, Bia e Marta são amigas inseparáveis desde sempre e para sempre. Um dia Marta traz uma má notícias: ela e a família vão mudar de casa para Berlim! As quatro amigas decidem criar O CLUBE DOS TÉNIS VERMELHOS, para ficarem juntas para sempre e provarem que a verdadeira amizade é mais forte que a distância.


O Clube dos Ténis Vermelhos- Amigas para Sempre
de Ana Punset

Edição/reimpressão: 2015 / Páginas: 280 / Editor: Nuvem de Tinta
  
Resumo: 
As quatro amigas já só pensam nas férias de Verão e no momento em que voltarão a estar todas juntas. Por isso, quando Rita lhes diz que não poderá ir com elas acampar nesse Verão as amigas ficam devastadas! Inconformadas, decidem que não será isso que impedirá o grande reencontro d’O CLUBE DOS TÉNIS VERMELHOS.

Comentário: Para vos ser franca, optei por não escrever uma opinião no sentido lato para estes livros. Não me parece justo até porque a análise já não é não objetiva. Atendendo a que não lido com jovens e adolescentes diariamente, o nível de satisfação com estes pequenos livros poderá apenas ser avaliado na perspetiva de quem gosta de ler e quem no passado, se se tivesse cruzado com eles, poderia ou não gostar destas leituras. "O Clube dos Ténis Vermelhos" é uma coleção simpática que relata as vivências e amizades de um grupo de 4 amigas, que descobrem nos pequenos desafios da adolescência e dos preâmbulos da vida adulta dos pais obstáculos a superar, especialmente se vierem de um esforço coletivo. É um apanhado levezinho mas enternecedor da inocência de acreditar que o mundo muda num segundo, desde que a união faça a força, sempre com espaço para dúvidas e anseios, romance, compras e dramas familiares, desavenças e pequenos conflitos, assim como espaço para novas amizades. No fundo, é promovido e divulgado junto do género feminino até aos 13 anos sensivelmente, embora dê para qualquer género, desde que se tenha em conta que a temática é sem dúvida abordada de uma perspetiva muito feminina. Num mundo muito digital, a presença desses elementos é uma novidade para os livros deste género temático. Há fotos tiradas no momento para enviar por email, há conversas de grupo em chat, há sms a torto e a direito, e sinceramente essa é a grande diferença dos muitos livros que possa ter lido enquanto adolescente que mais se aproximassem do conteúdo deste clube.

Vamos em breve ter um passatempo com um exemplar de cada um destes livros, por isso fiquem atentos/as!

 
Cláudia
Sobre a autora:
 
Maratonista de bibliotecas, a Cláudia lê nos transportes públicos enquanto observa o Mundo pelo canto do olho. Defensora da sustentabilidade e do voluntariado, é tão fácil encontrá-la envolvida num novo projeto como a tagarelar sobre tudo e mais alguma coisa. É uma sonhadora e gosta de boas histórias, procurando-as em cada experiência que vive.

0 leitores reagiram:

Que pensam Encruzilhad@s?