Passatempo: A Célula Adormecida, Nuno Nepomuceno (TopBooks)

Amuado/a com o final do feriado? Temos um bom remédio para torná-lo menos penoso ;)

O passatempo há muito prometido com a "A Célula Adormecida", de Nuno Nepomuceno finalmente vai dar entrada no blogue!

Quem por aqui anda há uns tempos já percebeu que temos um carinho especial por este autor, e que portanto não somos muito isentas no que lhe diz respeito (com excepção para as opiniões construtivas aos seus livros que possam ir surgindo aqui no blogue), porque ao longo destes últimos anos os contactos frequentes foram criando uma relação de proximidade entre nós e o autor que nos permite, mesmo sem que tenhamos algum mérito para o caso, ficar orgulhosas e muito felizes com o seu sucesso.
O seu novo romance foi uma surpresa completa, escrito a sete-chaves e muito bem recebido pela comunidade da blogosfera literária e livrólica mal ouvimos falar nele.

Esta "Célula Adormecida" é um sinal positivo de que a aposta em autores portugueses continua a crescer e que muitos estão atentos ao mundo contemporâneo e pretendem reflectir sobre ele. A primeira edição deste livro esgotou logo após 4 dias de publicação tamanha foi a procura e já se encontra uma nova em impressão. Se isto não é motivo para ficar curioso com este livro, a sinopse será certamente!:

"Em plena noite eleitoral, o novo primeiro-ministro português é encontrado morto. Ao mesmo tempo, em Istambul, na Turquia, uma reputada jornalista vive uma experiência transcendente. E em Lisboa, o pânico instala-se quando um autocarro é feito refém no centro da cidade. O autoproclamado Estado Islâmico reivindica o ataque e mostra toda a sua força com uma mensagem arrepiante.
O país desperta para o terror e o medo cresce na sociedade. Um grande evento de dimensão mundial aproxima-se e há claros indícios de que uma célula terrorista se encontra entre nós. Todas as pistas são importantes para o SIS, sobretudo, quando Afonso Catalão, um conhecido especialista em Ciência Política e Estudos Orientais, é implicado.
De antecedentes obscuros, o professor vê-se subitamente envolvido numa estranha sucessão de acontecimentos. E eis que uma modesta família muçulmana refugiada em Portugal surge em cena.
A luta contra o tempo começa e a Afonso só é dada uma hipótese para se ilibar: confrontar o passado e reviver o amor por uma mulher que já antes o conduziu ao limiar da própria destruição"

E sem mais demoras, preencham o formulário e habilitem-se a ganhar um exemplar (que muito suspeitamos, estará autografado ;) )

Regras do passatempo
1) O passatempo decorre até às 23h59 do dia 11 de novembro de 2016.
2) Todos os dados solicitados (incluindo Nick de Seguidor/a) devem ser devidamente preenchidos e completos.
3) Só serão aceites uma participação por pessoa.
 4) O/A vencedor/a será sorteado/a de forma aleatória (random.org), sendo o resultado anunciado na página do blog e o contacto efectuado por email.
5) O Encruzilhadas Literárias e/ou a editora não se responsabilizam pelo extravio ou danos causados pelos CTT nas encomendas enviadas.



3 leitores reagiram:

  1. Tenho todos os livros editados deste autor, todos ganhos em diversos passatempos pela blogosfera fora.Vamos ver se consigo repetir a dose com este novo livro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca se sabe João, é arriscar e esperar ;) Já leu algum deles entretanto? Que é que achou?

      Eliminar