Vergonha é não ler!

Depois do artigo sobre a vantagem do anonimato que é ler e-books decidi falar da vergonha que leva as pessoas a preferirem ler num e-reader a revelar a capa do livro que estão a ler.
Quando somos pequenos os nossos pais controlam muito do que lemos, nem que seja apenas porque são eles que nos compram os livros e que nos levam às bibliotecas.
Mas há medida que vamos crescendo vamos desenvolvendo um gosto próprio de leitura. Há quem se apaixone por romance, há quem prefira os thrillers e quem nunca deixe de gostar de livros juvenis.
E como já diz o povo "gostos não se discutem", no entanto e face ao artigo que saiu sobre a vergonha dos britânicos em revelarem o que lêem fiquei deveras curiosas para saber se em Portugal se passaria o mesmo.
Rapidamente alguns dos nossos leitores me fizeram chegar através de comentários não terem vergonha alguma dos livros que lêem. O que me fez lembrar de algo que a minha mãe sempre me disse quando lhe pedia que me comprasse livros que achava que ela não ia aprovar, quando lhe perguntava se ela achava mal eu ler este ou aquele livro, ela respondia sempre à medida que o punha no cesto de compras "Vergonha, filha? Vergonha é não ler!".
E eu pergunto-me se ela não terá razão? Afinal a leitura abre-nos horizontes e sabemos que as nossas melhores leituras são as que desafiam tudo aquilo em que acreditamos, que desafiam os nossos conceitos sejam eles de sociedade, relações pessoais ou de possíveis futuros. Ler ajuda-nos também a perceber melhor quem somos e como vemos o mundo. Ler ajuda-nos a viajar quando temos de ficar no mesmo local. Ler ajuda-nos a descobrir como enfrentar as mais variadas situações.
E se quem não lê é como quem não é, não é caso para dizer que quem lê tem uma grande vantagem sobre quem não o faz? Não julgo as pessoas que não lêem tal como não gosto que as pessoas que amam correr me julguem por não o fazer, mas são coisas que me deixam a pensar.
Como sabem o meu ponto fraco é chick-lit, não é dos géneros que mais gosto de ler, mas de vez em quando e com a ajuda da Cláudia, que gosta do género e me aconselha muito do que leio na área, lá escolho uns para ler. Se estiver a ler em inglês não tenho problemas, levo o livro comigo para todo o lado mas se for em português não o levo para fora de casa. É uma sensação um pouco estúpida, talvez até embaraçosa que não devia ter mas tenho.
Se vergonha é não ler, mas há quem tenha vergonha do que lê, no que ficamos? E que pensam os meus caros leitores disto? Alguém aqui tem vergonha do que lê? Ou acham que vergonha, vergonha é não ler?


Ki
(Catarina)
Sobre a autora:

Bibliófila assumida e escritora de domingo. Gosta de livros e tudo o que esteja relacionado com eles, tem a mania que tem opiniões sobre coisas e gostas de as expor no seu blog conjunto Encruzilhadas Literárias, tem também uma conta no GoodReads e é das melhores coisas que já lhe aconteceu.

6 leitores reagiram:

  1. Bem, eu não tenho vergonha do que leio. No entanto, quando levo os meus livros para os transportes, é normal eles irem protegidos com alguma coisa. Isto porque não sei se já se deram conta, no comboio as pessoas, parece que em vez de irem preocupados com a vidinha deles, vão a olhar para o que as outras pessoas estão a fazer. Já me aconteceu ir sentada a ler e ter uma pessoa em pé do meu lado esquerdo a ler o que eu ia a ler... e isso chateia-me profundamente.

    ResponderEliminar
  2. Eu "escondo" as capas dos livros emprestados, apenas com o objetivo de as proteger. Não estragar um livro que não é meu. Mas se o livro for meu, não me faz confusão as pessoas saberem o que ando a ler.

    ResponderEliminar
  3. Quase tão vergonhoso do que não ler é ter receio de mostrar aquilo que se lê.

    Vasco

    http://vascoricardo.blog.com

    ResponderEliminar
  4. Adoro os teus posts e estes temas que geram discussão.
    Já tinha comentado num post anterior que não tenho vergonha daquilo que leio. Claro que, tal como disse a Filipa, não gosto de estar em algum local e ter alguém a coscuvilhar o que estou a ler.

    Mas vergonha mesmo é não ler!!

    bjinho

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigada Denise!
    Fico muito feliz que goste do que escrevo! Gosto de por as pessoas a pensar e a debater assuntos que às vezes nos passam completamente ao lado :)

    ResponderEliminar
  6. Eu não escondo nada. Pelo contrário, porque sou dessas e gosto de ver o que os outros andam a ler. E quando leio ebooks é só por ser mais leve e económico, não é por mais nada.

    E concordo. Quem não lê devia ter vergonha!

    ResponderEliminar