Quais são os vossos "ships"?

Antes de mais Feliz Dia dos Namorados, Encruzilhados, obrigada por estarem aí e partilharem a nossa paixão por livros.
Hoje, no dia em que se celebra o amor, nós aqui no Encruzilhadas Literárias resolvemos celebra-lo também falando de "ships", "shippers" e dos nossos casais favoritos.
Quem já se embrenhou bem fundo na internet e nos seus sites de fandoms com certeza que já apanhou shippers. Mas para quem nunca o fez, ou nunca teve a sorte, ou o azar, de encontrar shippers aqui fica uma resumo do que estamos a falar.

O verbo Shipping = é uma abreviação de “relationship” (relação). E ser shipper de duas pessoas, significa querer que elas entrem numa relação.

Transferindo isto para um exemplo podemos dizer que os fãs de Harry Potter que queriam que o Ron namorassem com a Hermione, eram (são) Ron x Hermione Shippers. Quem leu Divergente e queria que a Tris ficasse com o Four era um Tris x Four Shipper e por aí adiante.
Como leitoras assíduas e shippers nós aqui no Encruzilhadas temos mesmos muitos ships e vibramos ao máximo com as suas histórias.

Catarina: Não sei quanto à Cláudia mas quanto a mim o que me dá mais gosto na história do casal é mesmo a maneira como eles aprendem a encaixar-se um no outro, admito que me derreto por amores vistos em sonhos e profecias, mas também gosto da maneira como as pessoas aprendem a amar-se.
Creio que no fundo tudo se resumo ao mesmo, o mesmo livro escrito por duas pessoas diferentes pode ser o melhor livro que alguma vez lemos ou o pior livros que alguma vez lemos. Saber onde cortar, saber o que acrescentar e saber exactamente o que contar e como o contar faz toda a diferença.

Cláudia: Enquanto a Catarina gosta de romances idílicos, eu procuro mais a descoberta nos momentos reais. Não vou dizer que romances impossíveis não possam ter a sua ponta de piada, quer-se dizer, nos intermináveis triângulos amorosos existe sempre alguém que terá inevitavelmente de ficar de fora (e aqueles que realmente o são e não uma tentativa patética de se tornarem um, acabam por nos partir o coração). De qualquer forma, prefiro os romances que vencem as adversidades por eles mesmos, pela força que eles canalizam de e para as personagens, e que dessa forma renovam a confiança para ultrapassar obstáculos mais difíceis de ultrapassar. Ou não fosse eu uma fã de Orgulho e Preconceito.

Existem várias piadas na internet sobre ships e a mais comum é dada pela própria palavra. Existem vários gifs e imagens com o texto "I ship it" para serem usados como resposta em foruns, blogs, etc. Aqui no Encruzilhadas já temos tantos ships que creio que já estamos autorizadas a dizer:
Mas não estando satisfeitas com isso temos uma pergunta para vos fazer, e essa pergunta é a do título: Quais são os vossos ships? Quais são os casais literários sem os quais não podem viver? Pelos quais escreveriam Fanfiction e fariam gráficos em Photoshop?
Para os ajudar deixamos-vos aqui alguns dos nossos e podem votar nos que quiserem, deixamos um espaço em branco no fim para colocarem mais, caso os vossos favoritos não apareçam na lista.


0 leitores reagiram:

Que pensam Encruzilhad@s?