How To Be A Woman de Caitlin Moran

How To Be A Woman
de Caitlin Moran
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 320
Editor: Ebury Press
Resumo:
1913 - Uma mulher que lutava pelo sufrágio feminino atira-se para debaixo do cavalo do Rei.
1969 - Feministas invadem a competição Miss Mundo.
Agora - Caitlin Moran re-escreve "The Female Eunuch" num banco de bar e exige saber porque é que as cuecas estão cada vez mais pequenas. 

Nunca houve uma melhor altura para se ser mulher: temos o poder de voto, a pílula e não somos queimadas como bruxas desde 1727. No entanto, algumas perguntas aborrecidas continuam por ser feitas... 
Porque é que é suposto fazermos depilações totais? Devemos pôr Botox? Será que os homens nos odeiam secretamente? O que devemos chamar à nossa vagina? Porque é o teu soutien te magoa? E porque é que todos te perguntam quando vais ter um bebé? 
Parte memória autobiográfica, parte artigo de opinião, Caitlin Moran responde a estas questões e muitas mais no seu livro "How To Be A Woman" - começando no seu horroroso décimo terceiro aniversário passando pela adolescência, local de trabalho, clubes de strip, amor, gordura, aborto, TopShop, maternidade e muito mais.

Rating: 4/5
 
Comentário:
Como sabem e escrevi há uns posts atrás resolvi experimentar ler algo diferente. Devo confessar que nunca antes tinha lido um livro escrito por uma feminista. Isto porque, infelizmente como Caitlin Moran diz, tinha uma noção errada do que era ser-se feminista e achava que este género de livro jamais me iria interessar.
Devido à minha curiosidade e vontade de sair de uma zona de conforto de leitura acabei por dar com Caitlin Moran e algumas das suas amigas feministas e devo dizer que estou muito contente com a minha descoberta.
Entrei no livro um pouco a medo porque não gosto de biografias mas Caitlin surpreendeu-me. Trata-se de um livro sem tabus e no qual ela mistura a experiência pessoal com as descobertas e pensamentos que uma vida inteira de feminismo ajudou a moldar.
Recomendo este livro para todas as mulheres assumidamente feministas e para aquelas que não tem medo de serem obrigadas a pensar sobre a sexualidade e tudo o que está em volta da mesma. Gostava de ter mais palavras para descrever quanto já ri e me questionei com este livro mas simplesmente não as consigo encontrar. Tenho mostrado vários excertos a amigas minhas e falado de alguns dos temas que Caitlin discute no livro e isto tem dado aso a situações bastante divertidas.
Traduzido à letra pelo título "Como ser uma mulher", este livro vai abordar o caminho que vai desde o fim da infância até a idade adulta e de como uma mulher se cria. Como aprendemos a ser mulheres.
  •  Infelizmente, de momento ainda não há previsão para este livro sair em português.

 Vídeo:
Encontrei este vídeo no youtube e embora não seja um book trailer, acaba por falar de algumas das questão que a autora trata no livro. Infelizmente não encontrei uma versão legendada mas creio que o inglês dela é compreensível.
 

0 leitores reagiram:

Que pensam Encruzilhad@s?