Uma visita à Paramount Books

Hoje, caros Encruzilhados, parti em busca de aventura, romance e mistério! O que é como quem diz, que fui à descoberta de uma nova livraria. Quando aqui há uns dias fui a festa de anos da minha prima não pude deixar de reparar, quando já regressava a casa no autocarro, na Paramount Books.
Esta livraria (que na realidade é um alfarrabista) está escondida numa rua atrás do Arnedale Shopping. E entalada entre ele e o terminal de autocarros, o que a torna numa espécie de porto de abrigo. Como se isso não fosse já encantador de si, antes mesmo de entrar na loja já estava a ser saudada por uma gravação em vinil de um concerto de ópera, que vinham de uma coluna em cima da porta, e quando entrei fui acometida pelo conhecido cheiro a "livros usados" que me fez viajar vários anos no tempo.
Tal como os alfarrabistas que vemos na TV, a Paramount Books parou no tempo, são livros de banda desenhada vintage, discos de vinil e postais antigos que nos olham de todos os cantos e recantos da loja.
Como se isto não bastasse, a loja tem um piano e sofá antigos no seu interior e o seu dono, com o qual falei durante um pouco, parece também ter fugido de uma dimensão paralela e a sua simpatia é igual ao seu exentricismo.
Para concluir a minha visita perdi-me nas prateleiras de livros infantis há muito esquecidos e trouxe uma cópia de "The Princess and the Goblin" que faz justiça ao post no qual falei das capas dos livros infantis.
Para se deliciarem como eu deliciei aqui ficam as poucas fotos que consegui tirar a socapa. O dono que me perdoe.


E para quem, como eu, anda pelas redondezas de Manchester e nos lê aqui fica a morada deste cantinho mágico Paramount Book Exchange, 25-27 Shudehill, M4 2AF.



Ki
(Catarina)
Sobre a autora:

Bibliófila assumida e escritora de domingo. Gosta de livros e tudo o que esteja relacionado com eles, tem a mania que tem opiniões sobre coisas e gosta de as expor no seu blog conjunto Encruzilhadas Literárias, tem também uma conta no GoodReads e é das melhores coisas que já lhe aconteceu.

0 leitores reagiram:

Que pensam Encruzilhad@s?